«Sessão de homenagem»

Quiseram os Terceiros Dominicanos do Porto e de todo o país prestar uma entusiástica homenagem ao Rev.mo Padre Vigário Geral*. Para isso convidaram-no a deslocar-se de Lisboa, onde habitualmente reside. Acedeu gostosamente ao convite.

O salão do Rosário, onde se realizou a sessão fora lindamente engalanado pelo Irmão Terceiro Senhor almeida. Todos apreciaram a sua arte decorativa e aqui lhe deixamos a nossas felicitações e agradecimentos.

Às 16.30 entrou no salão, repleto de Irmãs e Irmãos terceiros, o Rev.mo Padre Vigário Geral que, no meio de uma entusiástica salva de palmas e sob uma chuva de pétalas, se dirigiu à mesa da presidência.

A sessão começou pelo hino de S. Domingos. Em seguida o Rev. Padre Superior da Casa do Porto fez a apresentação do Rev.mo Padre Vigário Geral, tecendo os mais honrosos elogios à personalidade de sábio e homem de acção.

Falou depois, e nome das Irmãs Terceiras, a Senhora D. Olinda Cerqueira, e, em nome dos Irmãos o Senhor José Moreira Rodrigues. As palavras de um e outro foram escutadas com muita atenção e interesse.

Em seguida o Rev.mo Vigário Geral levanta-se e lê em português o seu discurso. Depois, falando em francês, confessou o seu grande desejo de restaurar a Província Dominicana Portuguesa. As suas palavras calaram fundo nos corações de todos os ouvintes que atenciosamente o escutavam.

Logo a seguir ao seu discurso nomeou Promotor da Ordem Terceira em Portugal o Rev.mo Padre Estêvão da Fonseca Faria. A carta de nomeação foi lida pelo Revº Padre Tomás Videira, actualmente superior do Seminário Dominicano de Aldeia Nova.

Como foi uma homenagem da Ordem Terceira de Portugal, todas as Fraternidades se associaram, enviando a ela representantes e telegramas.

Estavam representadas as Fraternidades da Régua, Coimbra, Avanca, Granja e Gulpilhares.
Mandaram saudações as Fraternidades de Elvas, Portalegre, Castelo Branco, Guarda, Coimbra, Ourém, Ovar, Fiães, Pinheiro da Bemposta, Válega e Pardihó.

Depois de lidos todos os telegramas, o novo Promotor da Ordem Terceira fez um discurso dando a sua palavra de ordem:
União e colaboração
Em seguida foram oferecidos dois ramalhetes ao Rev.mo Pe. Vigário Geral.

Antes de terminar, o Prior da Fraternidade Masculina, Senhor José Moreira Rodrigues, propôs que se enviassem dois telegramas: um ao Santo Padre e outro o Rev.mo Mestre Geral de toda a Ordem. Toda a assembleia aprovou a iniciativa.

O Rev.mo Padre Vigário Geral ficou muito sensibilizado com a homenagem que a todos deixou também uma inesquecível recordação pelo curto mas elevado convívio fraternal.

in O Facho, nº 24. Maio de 1949
*Fr. Pio M. Gaudreault, O.P.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: