Frei Estevão – II

II
Ao apresentar este Relatório, que tem o seu início quando se esboçavam os primeiros passos para a restauração da nossa Ordem em Portugal e, principalmente, quando tomei a Direcção dos Centros Dominicanos existentes, quero prestar uma grande homenagem de agradecimento muito reconhecido a todas as Fraternidades que comigo colaboraram e tanto me ajudaram na seguintes Obras:

1) A “Liga Apostólica”, que herdei do Senhor Frei Gil Nunes Alferes. Procurei desenvolve-la em todas as Fraternidades, nomeando Zeladoras das Vocações, e criando “Bolsas de Estudo”. Durante todos esses anos, e quando tivemos a nossa Escola Apostólica, em Aldeia Nova, conseguia centenas de contos, anualmente, para os alunos.
Neste particular, quero referir que, quando o falecido Irmão Frei Tomás Alves Torres deixou o Porto, a Irmã Lia Madeira substituiu-o na longa e fatigante caminhada que fazia pelo Porto, por ocasião do Natal (em Dezembro e Janeiro), e até aumentou o montante das ofertas em dinheiro e agasalhos, dirigindo-se a Bancos, Empresas, Casas Comerciais, pessoas amigas, etc. Quando o Seminário foi encerrado, os donativos passaram para a Obra das Vocações Dominicanas. Tudo acabou com o 25 de Abril. Deixaram de dar donativos para o fim em vista. Mantiveram-se, porém, os das Fraternidades, até hoje.

2) Construção da Igreja e Convento de Cristo-Rei – Fiz vários apelos às Fraternidades a pedir auxílio para as obras, e sempre fui atendido com muitos e grandes donativos. Quero, no entanto, frizar a generosidade da Fraternidade de Cristo-Rei e, muito especialmente, a da Família Aires Pereira, e a da Irmã Lia Madeira e de sua Mãe, que foram incansáveis em angariar ofertas e a darem muito do que era seu.
Também consegui do Estado uma comparticipação de 500 contos.
As obras importaram em cerca de 4 mil contos, há 30 anos.
A Província portuguesa não gastou um centavo com as obras.
A Igreja foi sagrada pelo Senhor D. Francisco Rendeiro OP em 23 de Maio de 1954.

3) O LAR de Stª Catarina de Sena, em Fátima – Nas minhas frequentes visitas às Fraternidades, deparava com quadros desoladores na pessoa de algumas Irmãs abandonadas pelos seus familiares, a viverem sozinhas, sem carinho, sem amparo. Pensei em fundar Lares para lhes dar abrigo.
Aquando do penúltimo Capítulo Provincial, via com tristeza, o nosso Convento de Fátima quase vazio. Dirigi uma carta aos Padres Capitulares, a pedir um andar, ou até um pavilhão para fazer a primeira experiência do Lar para as Irmãs com reais necessidades de internamento. Graças a Deus, o meu pedido foi atendido, mediante certas condições, que foram satisfeitas. Agradeço, reconhecido ao Padre Provincial, Fr. Mateus Cardoso Peres, e ao seu Conselho, pela cedência do pavilhão.
Grande parte do equipamento para o Lar foi oferecido por Irmãs da Fraternidade de Cristo-Rei, assim, como a quantia de 500 contos para o elevador. Foram conseguidos outros donativos importantes: 100 contos da Secretaria de Estado da Família; 300 contos da Fundação Gulbenkian, por intermédio da Irmã Ermelinda Barbot, e mais 328 contos da “Cáritas” Alemã, obtidos pelo Senhor Padre Konor, meu grande Amigo.
Fizeram-se várias obras de adaptação, em grande parte do pavilhão concedido, e construiu-se um anexo para tornar o Lar completamente independente do Convento. Recorri novamente às Fraternidades. O dinheiro preciso apareceu, e o Lar foi inaugurado com grande brilho, estando presentes autoridades civias e religiosas, o Padre Provincial, o Prior de Convento de Fátima, outros Padres, Religiosas, muitos Leigos Dominicanos. Isto aconteceu no dia 24 de Novembro de 1980, ano do 6º centenário da morte da nossa grande Santa e Padroeira do Lar: Catarina de Sena.
Estão a viver no Lar, doze irmãs, para já.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: